quarta-feira, 3 de setembro de 2014

teimosia

quem disse que eu desisti
daquele encontro na esquina
do beijo não dado
do amor não feito
sendo até hoje, tudo mal feito?
como desistir se os meus olhos
ainda não encontraram os seus olhos
meu sorriso não deparou-se com o seu
e feliz não fui nesses desencontros?
desistir não posso
minhas mãos te desenha nas curvas do vento
enquanto desço pela dona tiburtina
caminhando com todos os sonhos aqui dentro