quarta-feira, 24 de junho de 2015

para walber batinga pinheiro

sou desses homens nus
do instante em que acordo
ao decorrer de todo o dia

durante também o pouco sono
seja profundo ou raso
preciso ser nu
é um estado de completude,
consciência e paz
ser nu para namorar esses desenhos
que ensaiam numa moldura

um verdadeiro balé
ultrapassando essa tela
ser nu desenha o que sou

do bom dia do meu porteiro
ao sorriso gratuito
da senhorinha pedinte na esquina

ser nu é um estado/graça ou sei lá o que
de nunca estar sozinho