quarta-feira, 29 de julho de 2015

desenho para Gino, poeta amigo

ALMA SIAMESA
 
quero registrar o amor
não numa folha de papel
quero registrar o amor na minha pele,
no meu beijo inteiro
 
 
essa uma alma siamesa nossa busca tão constante, procura interminável pelo desenhar dos caminhos já percorridos e dos beijos já trocados. cada dia parece mais distante por mais longe que nossos olhos cheguem e todos os horizontes observados. não perco a fé mas as vezes bate aquela desesperança. mais fácil arriar as calcas que encontrar um colo. mais fácil encontrar camas disponíveis e rolar sobre tantos lençóis, que compartilhar um por do sol na serra do sapucaia ou no parque ibirapuera. essa relação em regime de comunhão total de sonhos parece existir apenas entre nós e nossos escritos, entre nossas canetas e nossas folhas de papéis... trepar é fácil, difícil mesmo é sair de mãos dadas pelas ruas e vislumbrar o nascer do sol, acompanhados.
  
p.s: continuemos aguardando aquela trilha sonora