sexta-feira, 5 de julho de 2013

manifesto


(para Maria Maia E Almeida)


entre montes claros e são paulo
existe a dimensão entre um parto
e um óbito,
remoer
(re)morrer
nesses músculos faciais mortos
que caminham contrários
enquanto sigo pela avenida paulista.
 (re)vivendo consolação abaixo
helena elis em meus ouvidos
manifesto natural que estou vivo
(re)escrevendo os seus olhos
na palma da minha mão