quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

+ 01 dia, gratidão

eu, conhecedor de quem sou; falo alto, grave e grosso muitas vezes mas com toda uma educação peculiar e que me foi transmitida por dona tereza. sou do 8 ou do 80. eu amo ou odeio. “nem fede e nem cheira” é uma frase que não existe em minha estrada. relativismo é ganha pão da psicologia. política da boa vizinhança é retrato da hipocrisia. tudo em mim é gratuito. apenas não subestimem a minha inteligência. sou da reciprocidade. se me amam, eu amo. se me odeiam, que um trator atropele e mate a desgraça. se morreu e era boa pessoa, que deus o tenha. se era má pessoa, que o satanás o carregue. dos mortos eu falo o que penso e o que sentia pelo defunto quando ele era vivo. perdoar é ação para deus, eu finjo que relevo… as vezes! seja qual for a relação que se vive, amizade, familiar, social, sexual, afetiva… se sou 10 eu exijo 10, não me contento ou me satisfaço com 9 ou menos. se eu for 9 me contento com o 9. sou da reciprocidade, apenas isso. há pessoas que pensam que a santidade é virar a outra face quando uma for esbofeteada. eu não, se me esbofeteiam a cara eu saio logo é procurando uma pedra ou um pedaço de pau para mandar mais um para o hospital. amor se paga com amor e ódio se paga com ódio²… eu puto, num dia puto, numa cidade de putas que destroem tudo e todos. cadê o stf?