domingo, 29 de outubro de 2017

gentílico

(para desusdeth rocha)

mineiros & minas
calor e amor que não tem fim
ombro e colo que
não se mede
sinceridade que não se repete
acolhe sem igual
minas & mineiros
mangas arregaçadas pro sol
doçura em qualquer vendaval
cabem em tudo que belo e eterno
paciência curta, não abusa
o abraço é cheiro de primavera
e um universo de mãe
minas & mineiros
seus sapatos velhos valem qualquer passarela
sua beleza não tem início, meio e fim
extenso do belo demais esse povo e esse chão
minas não é do carnaval
minas é atemporal em amar
mineiros não fazem media
fazem mimos sem igual. e filhos lindos.
mineiros & minas
seduzem mudos, mundos e cores
silêncio não existe em sua cama
minas & mineiros não tem pressa
porque a pressa é inimiga da perfeição
tão maravilhosos que; são mineiros & minas
até quem não nasceu nesse chão.
tem coração?
é nosso. é uai